29 de ago de 2009

Reflexão

Avista teu último reflexo,
Inconfundível paixão.
Ocaso do sentimento lascivo,
Que dominou minh’alma,
Agora calma com tua despedida.
Por pouco tempo é certo,
Não ficaras por perto.
Mas amanhã,
E depois,
E mil dias passados,
Voltaras, ficando ao meu lado.
photo by sousa-são lourenço do sul

22 de ago de 2009

Porto Silencio


Porto silencio,
Brinca comigo a cor, sob o brilho da luz.
Reluz, seduz, induz,
A fugir da métrica em falsa poesia.
Que heresia!
photo by sousa-ponte do laranjal

7 de ago de 2009

Solidão

" Se solidão fosse verbo, conjugaria na terceira pessoa"

5 de ago de 2009

Nossa testemunha


Nessas horas que reclamas
Do vinho,
Do linho,
Do ninho,
Lembra-te da primeira vez.
Nem uvas,
Nem roupas,
Nem cama, somente a lua.
Testemunha.

1 de ago de 2009

Noite e dia



Nos lençóis da cama
Bela manhã, um jeito de acordar
A pele branca, gata garota
O peito a ronronar
Seu fingir dormindo, lindo
Você está me convidando
Menina quer brincar de amarNo escuro do quarto
Bela na noite nas ondas do luar
Os seus olhos negros pantera nua
Querem me hipnotizar
E eu olho sorrindo, lindo
Você está me convidando
Menina quer brincar de amar
.
Noite e Dia -Lobão/Júlio Barroso

clique