26 de jan de 2016

Efêmera

Do meu jardim
Do meu jardim, hoje. 
Veio e foi! 
Uma única flor. 
Assim é a vida e os relacionamentos, efêmeros.
Passageiros,
Conte as horas, conte o tempo.
Passarinhos, passageiros...
Sigamos assim, a favor do vento, do tempo! 

1 de jan de 2016

Feliz Ano Novo

Margens do arroio Pelotas
Tenho certeza que em 2016 o tempo passara tao depressa quanto tem passado nos últimos anos.
Tenho certeza que não notaremos sua passagem ao menos que um de nos a faça antes do tempo.                                                                                                                                                                              Tenho certeza que todo o tempo sera pouco para o muito que temos ainda que nos dizer.                                                                                                                                                                                                                                     Não percamos tempo então, antes que o tempo passe e nos arrependamos de não ter dito algo que precisávamos dizer.                                                                                                   O tempo e nosso aliado e inimigo                                                                                                                                                                   O tempo que teremos sera o que necessitamos.                                                                         Feliz Ano Novo!

clique