12 de jul de 2015

É o amor



Estava pensando em você.
Alias, estou sempre pensando em você!
Na verdade, vou ser mais explicito,
Vivo somente para pensar em você!

Estava escrito,
Assim acredito,
Minh’alma destinada à tua,
Indiferente ao tom de nossas sombras,
Prefiro assim,
A verdade nua!
Arquivos do passado não têm valor
Quando há amor.

Podes até dizer que sou louco.
Mas e daí?  Amo-te assim,
De forma tão inconsequente,
De maneira tão eloquente,
Como se nada mais houvesse,
Ou que pudesse,
Com força,
Mudar meu destino,
Regular meu tino.

Desculpem-me senhores poetas
Se minha poesia é sem regras!
Como nortear os pensamentos
Se for o coração quem determina!
Houvesse razão ou inspiração,
Vindas de um plano intelectual,
Talvez houvesse mais métrica e rima.
Mas não!
São apenas amor e pele arrepiada,
É a voz embargada,
É sussurro no ouvido,
Respiração acelerada!
É aquilo que muitos esqueceram,
O verdadeiro sentido da existência,
O Amor!

0 comentários:

clique