26 de jan de 2016

Efêmera

Do meu jardim
Do meu jardim, hoje. 
Veio e foi! 
Uma única flor. 
Assim é a vida e os relacionamentos, efêmeros.
Passageiros,
Conte as horas, conte o tempo.
Passarinhos, passageiros...
Sigamos assim, a favor do vento, do tempo! 

0 comentários:

clique